Minha Conta

Dicas para escolher pão | Nutricionista Ana Isabel Monteiro

6 Jan, 2020 | Dicas de Nutrição

Apesar de ser um alimento algo demonizado, não há razões para tal! O pão, desde que bem escolhido, pode ser um excelente aliado num plano de alimentação saudável.

Mas há alguns fatores que devemos ter em conta:

  • Qual a farinha em maior quantidade: convém que seja uma farinha integral, independentemente do cereal. Às vezes, um pão pode ser vendido como integral, quando na verdade a farinha branca está em maior percentagem. Também acontece frequentemente nos pães de alfarroba, que poderiam ser excelentes, não fosse o teor enorme de farinha de trigo simples;
  • Qual a quantidade sal: felizmente, esta questão está legislada. Em 2018 eram permitidas apenas 1,4g de sal por cada 100g de pão, o que, na minha opinião, continua a ser excessivo, visto que se recomenda a ingestão de apenas 5g/dia. Mais recentemente já há incentivos para as padarias reduzirem ainda mais o teor de sal nos pães, certificando com um selo de excelência as que reduzirem para 1,2g em 2019 e abaixo de 1g em 2020;
  • Teor de gordura: não é suposto um pão ter gordura, uma vez que para a sua confeção é essencial apenas a farinha, água, sal e fermento de padeiro. No entanto, nalguns pães mais “maciços”, é acrescentada gordura por uma questão de textura. O mesmo acontece em pães de forma, em que é bastante comum a adição de óleo de girassol;
  • Aditivos: de forma a aumentar o tempo de prateleira, os pães de forma têm, invariavelmente, conservantes. Mas não são esses os únicos aditivos! Às vezes encontramos também emulsionantes e agentes de tratamento de farinha. São aqueles E’s todos que costumam aparecer no fim da lista;
  • Teor de açúcar: açúcar no pão? Sim, acontece! E neste caso nem é só nos pães de forma. Alguns pães de padaria, como o de alfarroba, beterraba ou frutos vermelhos também podem conter açúcar, de forma a aumentar a sua palatabilidade.

Simplificando a questão: opte por pães integrais, de centeio ou mistura, com ou sem glúten (consoante as suas necessidades), de preferência da padaria. Se não conseguir comprar pão fresco todos os dias, compre em grande quantidade quando for possível, fatie e congele.

Outra coisa importante: é muito diferente escolher um pão de 150g e um de 60g! Para quem está a tentar perder peso, optar por pães mais pequenos pode ser interessante.

E não esqueçamos o recheio, que pode ser tão prejudicial quanto o tamanho do pão. Evite o consumo diário de manteiga e fiambre, preferindo manteiga de oleaginosas (amendoim, amêndoa, avelã) e queijo magro.

Escolhas informadas são sempre boas escolhas!

Nutricionista Ana Isabel Monteiro,
autora do projeto Laranja Lima

Blogs relacionados

Chocolate com maçã, amêndoa e coco

Chocolate com maçã, amêndoa e coco

Ingredientes 3 colheres de sopa de cacau em pó150 ml de óleo de coco ou amendoim2 colheres de sopa de xarope de agave ou geleia de arrozessência de baunilha1 pitada de sal1 embalagem de mix Fruut maçã, amêndoas e coco Preparação: Misturar todos os ingredientes, à...