Minha Conta

5 Alimentos que parecem saudáveis e não o são | Nutricionista Ana Monteiro

29 Jun, 2018 | Dicas de Nutrição | 0 comments

No mundo tão facilitista e imediato em que vivemos, é normal fazer escolhas precárias em relação à alimentação, achando que está a fazer uma grande coisa, mas deixe-me elucida-lo/a em relação a alguns alimentos que pode estar a guardar na despensa e no frigorífico, mas que nem da prateleira do supermercado deviam ter saído!

1. Bolachas integrais, de água e sal e digestivas

Há muito poucas bolachas que vale a pena comprar e estas não são umas delas!

A verdade é que, ao usar cereais integrais, o produto fica mais seco e com um sabor mais forte, pelo que a indústria acrescenta uma boa quantidade de gordura (daquela que não faz bem a ninguém) para tornar o produto agradável… já para não falar do açúcar escondido sob a forma de dextrose, xarope de glicose-frutose e outros que tal.

Deixe as bolachas de lado e escolha antes um pão de centeio ou uns flocos de aveia: são muito mais baratos e bem mais saudáveis (atenção que não estou a falar de muesli nem granola… é do floco puro).

2. Bolachas de pequeno-almoço

São várias as marcas que fazem umas bolachinhas de pequeno-almoço em pacotes individuais, que são vendidas como sendo muito saudáveis, mas que têm açúcar como segundo ingrediente, e gordura de palma e girassol como terceiro.

Mais uma vez, um simples pão seria melhor opção.

3. Iogurtes magros

Pensemos todos juntos: se não se usa açúcar, o que se usa para adoçar os iogurtes? Adoçantes artificiais, precisamente.

Existem vários adoçantes, sendo que há alguns comprovadamente maus, como o aspartame, e uns não tão nefastos, como a sucralose e o acessulfame-k.

Ao escolher o seu iogurte magro, procure por estes produtos no rótulo e evite ao máximo os que têm aspartame. Quanto aos que são adoçados com sucralose e acessulfame-k, tente não os incluir diariamente na sua alimentação, visto que podem desregular o seu trânsito intestinal e habituar o seu paladar ao doce.

O ideal seria mesmo escolher iogurtes naturais ou gregos (sim, mesmo que tenham mais gordura).

4. Açaí

O açaí em si é uma bomba de antioxidantes e é um excelente aliado da nossa saúde, mas quando chega a nós já não vem na sua forma mais pura, sendo vendido muitas vezes com xarope de guaraná.

Se quer realmente incluir este fruto na sua alimentação, procure a polpa congelada ou a sua versão liofilizada (em pó).

5. Manteiga de amendoim

A manteiga de amendoim está nesta lista não por não ser saudável, mas porque há alguns aspetos a ter em consideração.

Em primeiro, há-que saber escolher a manteiga de amendoim, já que convém que a lista de ingredientes seja bem curta: 100% amendoim.

Segundo, pode ser uma fonte de gorduras saudáveis, mas não deixa de ser extremamente calórica, por isso muita atenção às quantidades.

Terceiro, pode não ser uma boa opção para quem sofre de problemas gastrointestinais, já que o amendoim é de difícil digestão e pode causar desconforto abdominal, flatulência, diarreia, etc.

 

Em suma, preocupe-se em ler os ingredientes que vêm no rótulo e lembre-se: quanto menos melhor!

Ana Isabel Monteiro

Nutricionista Ana Isabel Monteiro (Laranja Lima)

Blogs relacionados

Chocolate com maçã, amêndoa e coco

Chocolate com maçã, amêndoa e coco

Ingredientes 3 colheres de sopa de cacau em pó150 ml de óleo de coco ou amendoim2 colheres de sopa de xarope de agave ou geleia de arrozessência de baunilha1 pitada de sal1 embalagem de mix Fruut maçã, amêndoas e coco Preparação: Misturar todos os ingredientes, à...